A eficiência energética nas indústrias se faz urgente. Seja para se pensar em economia ou até mesmo para colocar a sua empresa rumo às boas práticas de sustentabilidade.

Sabemos que o consumo de energia das indústrias é alto. Segundo a EPE – Empresa de Pesquisas do Brasil – quase 40% de toda a eletricidade brasileira é consumida pelas indústrias.

Enquanto isso, os aumentos nas tarifas são cada vez maiores. Em 2022, indústrias de Santa Catarina tiveram um aumento de mais de 30%, enquanto em São Paulo o acréscimo chegou a 23%.

A boa notícia é que é possível encontrar maneiras de economizar – grandes e pequenas – em todo o chão de fábrica.

Uma mudança simples, que economiza alguns kWh, já faz uma diferença razoável no fim do ano. E essa diferença pode ser convertida em melhorias internas, seja para os trabalhadores, ou até se converter em lucro.

Confira algumas dicas rápidas para baixar a conta de luz, sem impactar a produção, e promover uma boa eficiência energética na sua indústria.

Começando:

1. Iluminação mais eficiente

Em alguns casos – dependendo dos aparelhos e da qualidade da rede municipal – instalar lâmpadas de LED pode trazer uma economia de até 85% nas indústrias.

E o melhor é que a qualidade e a durabilidade das lâmpadas de LED são muito maiores que suas contrapartes – a incandescente e a fluorescente.

A troca já está em andamento, sendo que a maioria das indústrias hoje preferem as lâmpadas de LED justamente por conta da sua economia, durabilidade e eficiência.

Você pode começar gradualmente – primeiro pelos escritórios, depois para o chão de fábrica. Assim, o impacto do investimento nas lâmpadas não fica tão alto a ponto de atrapalhar o financeiro do seu setor de compras.

Agora se você está pensando em alguma reforma, ou construir/alugar um novo espaço, pense na iluminação natural.

O chão de fábrica se beneficia bastante com domus (claraboias), venezianas e janelões. Quanto mais luz natural entrar, menos você vai precisar gastar com iluminação artificial.

🔌 Leia também: Diferenças entre as bandeiras verde, amarela e vermelha na sua conta de luz

2. Limpeza regular nas máquinas

Além de ser um ponto muito importante para a segurança no trabalho, a limpeza das máquinas também é uma grande aliada da eficiência energética.

E não estamos falando somente da limpeza dos contatos: engrenagens e os mecanismos internos de cada máquina também precisam ser limpos.

Isso porque, com o tempo, a graxa e outras impurezas vão se acumulando, tornando o aparelho menos eficiente: ele gasta mais energia e entrega menos resultados.

💸 Leia também: 5 dicas para economizar energia

Engenheiro em indústria segurando uma prancheta;

3. Conheça o consumo em kWh de cada equipamento

Para saber como atingir a eficiência energética na indústria, é fundamental que você saiba qual é o consumo de cada equipamento que você tem.

Esse consumo precisa levar em conta a potência do aparelho, quanto tempo ele fica ligado por dia e por quantos dias ele permanece funcionando.

A Procel indica o cálculo de uma forma bem simples:

Potência (W) x Nº de horas utilizadas x Nº de dias de uso ao mês
1.000

Seguindo essa fórmula, uma máquina de 100.000 W de potência usada por 8 horas diariamente e 20 dias no mês tem um consumo médio de 16.000 kWh.

Com essas informações em mãos, fica fácil antecipar o seu consumo mensal para um bom planejamento financeiro e saber quando precisa ou não racionalizar energia.

4. Procure alternativas de acordo com a eficiência energética

Sabendo o quanto suas máquinas consomem, quando você for adquirir novas é interessante fazer esse cálculo rápido antes de se decidir por algum modelo.

A potência de um equipamento industrial precisa estar diretamente relacionada com sua capacidade de produção. Se a potência dele é alta mas sua saída não reflete reflete isso, você vai consumir mais energia sem a contrapartida de aumentar a produção, por exemplo.

⚡ Leia também: Energia Renovável é só a fotovoltaica?

5. Pinte as paredes

Pintar as paredes do seu galpão pode ter impactos diretos na conta de luz.

Galpões com a pintura muito escura precisam de mais lâmpadas para evitar penumbras, que causam acidentes.

Um galpão mais claro é o contrário: ele precisa de menos lâmpadas. Combinando isso com a iluminação mais eficiente e a valorização da luz natural, você começa a economizar energia.

Galpão industrial com prateleiras cheias de pallets e produtos

6. Produza menos em horários de pico

De noite ou de dia, a produção das grandes indústrias não para.

Mas as pequenas, que têm turnos menores, precisam concentrar seus esforços durante o dia quando a iluminação natural está no seu máximo.

Trabalhar durante a noite não traz eficiência energética: muito pelo contrário. Se a sua indústria não funciona 24 horas por dia, é interessante focar nos momentos em que o sol está iluminando.

🍃 Leia também: Economia de energia e suas contribuições para o meio ambiente

7. Instale painéis solares próprios

Você não precisa de uma área muito grande na sua indústria para gerar alguns kilowatts/hora extras com painéis solares.

O quanto eles vão te trazer de economia vai variar – cada modelo tem uma eficiência energética diferente, e as dimensões da sua usina também são diferentes.

Nós explicamos melhor essa questão do dimensionamento no nosso texto sobre como funciona uma placa fotovoltaica. Vale bastante a leitura!

⚡ Leia: Como a Energia Solar gera energia elétrica

Essa dica requer um investimento relativamente alto e se a sua intenção é ter os benefícios e economia da energia solar sem ter que gastar ou instalar placas solares no telhado da sua indústria, confira a nossa próxima sugestão para uma eficiência energética.

8. Trabalhe com a geração distribuída

A geração distribuída para as indústrias é uma ótima aliada na eficiência energética.

O modelo está ficando cada vez mais popular, e se você ainda não aderiu, é hora de começar a pensar nisso agora.

Com a geração distribuída, você consegue uma economia de energia sustentável, com até 12% de impacto direto na sua conta de luz.

Engenheiro com computador em telhado cheio de placas fotovoltaicas

A economia é sustentável pois vem de fontes renováveis – aqui na FIT Energia, usamos painéis solares, usinas hidrelétricas e usinas eólicas para atender nossos clientes.

O trabalho é simples: você só precisa fazer um cadastro no site, esperar a aprovação da sua solicitação e pronto – já vai começar a economizar.

Dentre todos os passos, esse é único que você pode fazer agora, sem precisar envolver mais nada.

E aí, que tal começar a economizar energia na indústria hoje? A eficiência energética agradece 😉

Share.

Deixe um comentário